terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Seven.teen!

Gente, hoje estou fazendo dezessete anos. Sim, agora só falta um pra tão sonhada maior idade. O que me faz lembrar que se eu vivesse no fantástico mundo de Harry Potter, hoje eu seria maior de idade e poderia Aparatar/desaparatar, usar magia... Enfim. Mas eu ainda estaria no sexto ano e estaria cursando NIEMS. Provavelmente tentaria arranjar um Emprego no ministério da magia como desfazedor de feitiços ou até mesmo me empregaria no Gringotes.

Nossa, eu fantasiei legal agora né? Bom, acontece que da mesma forma que eu quero ser mais velho pra poder assumir responsabilidade pelos meus próprio atos, eu não quero crescer. Eu quero ser uma criança feliz, poder brincar de Harry Potter como eu fazia. Brincar de luta com meu primo quando assistíamos Digimon e Dragon Ball Z.

Nossa, como algumas coisas mudam. E ainda bem que outras não mudam. Talvez eu perca as lembranças da melhor parte da minha vida e pior também. Harry Potter, RBD... São duas coisas que marcaram minha adolescência/infância... Eu sempre precisei de um apoio externo porque nunca me senti muito bem comigo mesmo, mas essas duas coisas me disseram que o apoio sempre esteve dentro de mim e que nunca enchergava...

Gente, acho que esse post não tah mais fazendo sentido né... Ahhhh o que me fez lembrar um ano atrás. Eu peguei um caderno (do Harry Potter que havia ganhado quando comprei o DVD XD) e comecei a desabafar. Escrevi sobre minha vida e que eu era gay. Fui burro o bastante para deixar o caderno dando bobeira e minha mãe encontrou e leu. Foi quando minha vida veio abaixo. E desde essa época que eu perdi realmente um bom pedaço da minha infância/adolescencia.

Hoje faz exatamente um ano que escrevi naquele caderno e assim como coisas terríveis aconteceram, outras explêncidas também: ganhei uma sobrinha linda, um namorado incrível, amigos inesquecíveis. Posso não ter tudo o que amo, mas amo tudo o que tenho.

Que esse ano seja diferente e que minha vida dê totalmente certo. É claro que no caminho vou tropeçar porque é o que eu faço de melhor, mas agora sei como seguir em frente. Que venham os dezoito, enquanto isso... vou curtir os dezessete. *coloco o óculos escuro e arraso*

Eu sei que amo vocês...

XoXo
Candy

6 comentários:

FOXX disse...

meu lindo, vc só tem 17 anos?
que bonitinho!!! E já tem um namorado? Ow, meu Deus! Que fofo!!



RESPONDENDO SEU COMENTÁRIO:
Vc não entendeu! Não procuro a felicidade nas outras pessoas, meus dez anos a mais que vc me mostraram que tal seria impossível...

o que eu procuro é alguém com quem dividir a felicidade que eu já sinto. Dividir as minhas vitórias. Mas como eu disse, eu tenho minha família e meus amigos, é com eles que tenho que brindar! É uma pena, mas eu nunca encontrei "um amor" com quem dividir isso...

é por isso que gosto de ler os blogs, eles mostram que minha realidade não é idêntica a das outras pessoas, gosto de ver que apesar de nunca ter acontecido comigo, isso ocorre com outras pessoas...

Sabrina Paiva !!! disse...

Olá!
Em primeiro lugar, Feliz aniversário!Você agora está a um passo da maior idade e sim, dá aquele medinho natural.
A sua história lembra bastante a de um amigo meu.O nome dele é Lucas,estudamos juntos da 5ª série até a 7ª,e isso foi o suficiente para nos tornarmos melhores amigos.Infelizmente ele teve que ir para Manaus com a família,e então nos separamos e ficamos um tempo sem manter contato, sem nos falar...Enquanto isso, a vida dele virou de cabeça para baixo, lá mesmo em Manaus.Ele tem a minha idade,15 anos e a mais de um ano ele descobriu sua homosexualidade. A mãe dele descobriu através da irmã dele(a pestinha viu ele beijando um garoto na esquina, e foi correndo dizer para a mãe).Pobre Lucas!Nesse dia, ele foi chamado de viado pela mãe e foi expulso de casa(no meio da noite)aff...bem,depois de dormir na casa de um senhor de idade que gostava muito dele, ele foi levado pelo tio, à Tocantins,eu acho que a cidade é Araguaiana ou coisa assim...E lá ele está até hoje,sem a família, apenas com seu namorado e alguns amigos.Ele literalmente está lutando para se manter,trabalhando em um simples hotel.
Eu fiquei sabendo dessa história a pouco tempo(no final do ano passado), através das nossas conversas no Msn e digo que fiquei chocada,já que éramos tão amigos.Demorei um pouco a acreditar nisso tudo,mas no fundo eu sempre soube que ele tinha essa tendência.Pior:Eu sempre tive muito preconceito com esse tema de homosexualidade;Mas, o meu amigo Lucas me fez ver isso de outro ângulo,como uma coisa normal,uma escolha que qualquer um tem o direito de fazer.Hoje eu aceito numa boa,inclusive eu me interesso bastante em conhecer pessoas assumidas como você.
É muito difícil para os pais aceitarem.Muitas vezes eles não chegam a aceitar, apenas toleram, já que eles não tem como mudar isso.
Ainda há no mundo muitas pessoas maldosas, que acha que gay é um bicho, um anormal...e que fazem piadinhas sobre sua sexualidade.Por isso desejo boa sorte a você, que esse ano seja um ano melhor para todos nós.
Parabéns!
Xauzinho.

Adler Lima disse...

Parabéns!
Dezessete anos é uma linda idade. Aproveite ao máximo esse último ano como "teenager". Viva o que há pra viver e tente esquecer aquilo que não vale a pena lembrar.

Ame aqueles que te amam como se só elas existissem no mundo. Perdoe aqueles que te invejam e odeiam.

Enfim, aproveitei!

Homorango disse...

Parabéns amigo, essa idade é um começo de um novo ciclo. Aproveite, só fazemos 17 uma vez na vida...

Quero bolo, viu!!!!

Homorango disse...

cade? teve bolo????

Anônimo disse...

Que lindo. Parabéns.
Ter 17 anos pode ser tudo q vc precisa ou não.
Mas quero q saiba que tendo alegrias ou tristezas sempre terá ao seu redor pessoas q te amam muito, como família [/mesmoquenãopareça] e amigos.
Amo você querida Palmilha Chonga!