terça-feira, 16 de março de 2010

Alta auto estima XD

Oi pessoal.

O humor está um pouco melhor. O final de semana foi muito bom pra mim. Foi tão bom quantos uns antigo que eu não tinha há muito tempo. É tão bom se sentir amado, cercado por pessoas que te querem bem. Ficar no meio dos seus e poder se soltar sem problemas.

Na sexta feira me encontrei com Doug de novo. Até tentamos fazer algumas putarias, mas não deu. Infelizmente a Quinta da Boa Vista não é um lugar muito bom para intimidades. E eu tinha esquecido como era tentar fazer as coisas no meio do mato. Na verdade das últimas vezes eu estava de pé, portanto, não fiquei com mato grudado nas partes.

Andamos durante horas e conversamos litros de besteiras. Acabei conhecendo um garoto tão diferente do que eu pensava que era e muito mais atrativo do que no dia do Motel. E olha que ainda nem terminei de contar como foi a história do Motel. Quem sabe eu não termino algum dia?

Acabei chegando em casa um pouco além da hora que eu devia, mas não houve problemas. Uma desculpa simples resolveu tudo e fui dormir pensando o quão bom tinha sido aquelas poucas horas em que fora íntimo com alguém. Na verdade, há muito tempo que eu não sei o que é ser íntimo. Estou com medo. Já devem saber o porquê.

Sábado eu acordei desejando dormir o dia todo (como sempre), mas tive que levantar e ir trabalhar. A única coisa boa disso tem sido a minha “independência” financeira. Há meses que eu não preciso pedir dinheiro aos meus pais e o bom é que não preciso dar satisfações acerca do dinheiro que gasto.

Logo após sair do trabalho, fui visitar minha amiga. Ela agora está morando sozinha e queria que eu desse uma passadinha lá pra conhecer o cafofo dela. Até que o lugar é bem simpático, fácil de pegar ônibus e também é próximo ao metrô. Assistimos “Arraste-me para o inferno” e eu nunca ODIEI tanto um filme em toda minha vida. Não recomendo.

O resto do dia foi tranqüilo. Fiquei na rua conversando com meus amigos até tantas da madrugada. Depois fui pra casa e fiquei papeando mais um pouco no MSN. As vezes sinto saudades das conversas que eu tinha durante a madrugada com meus amigos. Sou uma pessoa totalmente noturna e fazer as coisas à noite faz com que eu me sinta mais produtivo.

Domingo acordei com o coração batendo acelerado de medo. Toda vez que eu quero sair, é um tormento. Fiquei horas deitado na cama pensando em qual desculpa dar pros meus pais. A óbvia era o Shopping, como sempre, mas havia falhas. Sempre há e como toda mentira minha tem que ser perfeita, acabei assistindo 3 episódios seguidos de Gossip Girl até conseguir bolar o plano perfeito.

À tarde me arrumei e ,por incrível que pareça, apenas saí. Minha mãe me perguntou onde eu ia e com quem eu ia, mas nada além disso foi questionado. Será que ela realmente já desistiu de tentar me proibir de fazer as coisas? Está sendo bom demais pra acreditar numa coisa tão simples quanto essa. Mas que bom que está sendo assim. Fico realmente feliz.

Assim que cheguei na Jukebox (uma festa GLS) entrei. Não houve problemas, filas nem tormento. Thiaguinho, meu amigo, parecia com raiva de mim, mas eu não sabia explicar o porquê. Sinceramente eu não me lembro de ter feito nada de errado para ele. As vezes ele dá um desses ataques de histeria, mas sempre passa. A final, Best Friends né?

Nunca me diverti tanto na minha vida. Eu dancei MUUUUITO!! Foi uma das melhores experiências da minha vida. Dançar Rouge, Lady Gaga, Beyoncé, Britney... Meu saldo de popularidade foi bem alto. Imagina daqui a 3 meses quando tiver a próxima Juke e eu estiver bem gostosinho. Eu vou causar.

Choveu horrores naquele dia e eu cheguei em casa todo molhado. Meus pais não falaram nada. Também, eu nem cheguei muito tarde. Onze horas eu já estava sentado na frente do computador vendo uns clipes. Agora vou começar a aprender uns passos novos de dança pra arrasar na próxima juke.

Eu estou tão empenhado a ficar bonito que meu pâncreas está dolorido de tanta abdominal que fiz ontem na academia. Esforço que foi por ralo abaixo hoje com um pedaço de torta de limão que comi antecedido por um apetitoso pedaço de lasanha de frango. É melhor eu começar a comer direito, senão NUNCA vou ficar gostoso.

Isso é tudo pessoal.

Vocês sabem que os amo.
XoXo
Candy

6 comentários:

LOLA disse...

Termina a história do Motel Homi!!!
To curiosaaaa!! Ninguém me conta uq aconteceu!! lol!!
O seu blog eh o unico meio de comunicação entre nós...

FOXX disse...

gente
q diferença do ultimo post
as coisas melhoraram hein?

Bruno disse...

Você ficou na pista pop
:S


kkkkkkkkkk

beijo, querido

Renato Orlandi disse...

Nhaaa que leeegal, arraza mesmo na buaaati rsrsrs, eu fiqueeei curiosooo quero saber a historia do moteeeeel hehehe... Eu suuuper odieo tb o filme, fraquiiiiiiinho demais!!!! Eu entendo o que eh se esforçar demais na academia, já sai mooooito dolorido da minha rsrs... Boa semanaaa, bjooooo!

Arsênico disse...

Nem lhe conheço pessoalmente... mas fico tão feliz em ver vc tão bem... Nada de post's depressivos... tão alto astral... to muito feliz por ti... continue assim... aproveitando bem a vida... e dê uma maneirada nas tortas de Limão e Lasanhas viu? hahaha!!!

***

umBeijo!

:D

Vanderson disse...

Conta a história desse motel...
e outra adoro baladaa!!
ai aiii
já pista pra mejogar agora!!
hhehehe
abraço!