domingo, 6 de setembro de 2009

Carta para Sírius Back

Caro Sírius,

Na próxima semana minha sobrinha completa um ano de vida. Você deveria vê-la. Ela está a coisa mais linda do mundo. Sinceramente é a única pessoa por quem eu sou capaz de dar minha vida. Quer ela querendo ou não. Se importando comigo ou não. Na verdade, eu também seria capaz de fazer isso por outra pessoa também.

Rony e Hermione estão bem. Inclusive Rony me chamou pra ir pra uma festa hoje. Jukebox. Se for com a última edição, vai ser foda. Mas ainda não posso ir. Machuquei meu pé e por causa disso nem posso mais jogar quadribol. Dispensa médica de trinta dias. Amanhã, mesmo sendo feriado eu vou ao médico pra ver como ficará minha situação. Mas de qualquer forma, o que eu faria na Jukebox? Pagar vinte galeões pra ficar sentado no banco, tendo que ver coisas que eu não quero. Tendo que suportar pessoas dando em cima de mim, sem ter coragem o suficiente pra ser grosso e dizer não. Tendo meus lábios violentador por outro sem ser meu Edward? Não mesmo.

Hermione está bem, eu acho. Eu não vou mais a casa dela chamá-la. Sem dúvida isso é muita palhaçada, porque se eu não for, ela morre sem saber o que está acontecendo comigo, porque ela nunca vem aqui . Ta bem, minha mãe não é uma pessoa muito agradável para se ter perto, mas também não é motivo para não querer ver se pelo menos estou vivo. Então que se foda também.

Embora eu continue dizendo que estou bem, parece que estou cada vez pior. Os momentos nos quais estou sozinho, têm sido cada vez piores. A imagem dele me vem à cabeça, por mais que eu me esforce para expulsá-lo. Tudo me lembra ele. Como se já não fosse ruim o suficiente esquecê-lo. Como se já não bastasse ele ser amigo dos meus amigos. Como se já não bastasse ele ser tão cativante e encantar a todos. Enfim, todos precisam ficar me lembrando dele quando já é doloroso demais ter ele na minha mente 24 horas por dia? Seria tão pior tê-lo fora.

As vezes, Sírius, eu perco a vontade de tudo e Hogwarts já não é mais como era antigamente. Tenho ido cada vez pior nas matérias e estou com medo de ser reprovado nos NIEMs. Esse é o meu último ano naquela escola e não quero ficar reprovado. Ano que vem gostaria de conseguir um emprego no ministério da magia. Lá devem pagar bem. E já até decidi pra qual academia Bruxa irei no próximo ano. Dumbledore também dá aulas lá e isso é o máximo.

Hoje, depois de muito tempo. Vi um DVD de RBD novamente. E me arrepiei muito do começo ao fim. Eu havia esquecido a sensação que suas música surtem em mim. Suas mensagens. Suas vozes. Suas particularidades. Suas personalidades, tão diferentes. Enfim... Eu senti falta de quando entrava na internet e via notícias de shows, músicas novas e coisas do gênero. Nada mais será igual. É um amor que continuará pra sempre. Não tenho certeza.

Sírius, se você soubesse a falta que me faz. Não teria partido. Estaria aqui comigo nessa hora. Eu preciso tanto de você e já não basta ter que ver todos os dias a sua casa no Largo Grimmauld. Esse ano não foi tão bom quanto eu pensei que seria. No início até foi. Mas agora está tudo tão... Chato. Sinto falta do Portillo, como amigo. E muita falta do Edward e isso é tão sufocante que...

Esse será o meu primeiro ano sem você, Sírius. Por que você teve que morrer? Não importa... Mesmo que estivesse aqui, tudo ia continuar igual.

7 comentários:

Arsênico disse...

As vezes é tão bom nos transpotarmos para um mundo imaginário... mas seria melhor se não carregasse contigo os problemas... eles já fazem parte do dia-a-dia... mas vale a intenção...

***

umBeijo!

Cocada.g disse...

o único capaz de amá-lo desse modo é você... O único capaz de esquecê-lo de algum modo é você! São tristes essas palavras mas se não existe mais interesse mútuo é melhor deixar partir todo esse sentimento, e se deixar viver novamente... não procure feitiços pra fazer isso, eles não existem.

Abraços!

FOXX disse...

"Tendo que suportar pessoas dando em cima de mim, sem ter coragem o suficiente pra ser grosso e dizer não."

nossa!
vc pode assim?
não passo por isso nunca! ninguém dá em cima de mim mesmo!!

_DrigãO_ disse...

RBD força a amizade, mas você parece pintar a sua vida de um jeito pior do que ela deva realmente ser, por que?

Nada nem ninguém podem fazer as coisas ficarem diferentes para você, só você mesmo pode isso. Por mais clichê e desnecessário que isso soe: você é muito novo ainda.

HSLO disse...

Adorei o texto...

Eu nçao conhecia esse seu espaço...ainda. Já sou um seguidor daqui..


vou te linkar ao meu blog.


abraços


Hugo

HSLO disse...

Fico feliz que tenha gostado do filme...viu.

Em breve vou indicar outros..


abraços


Hugo

Bruno disse...

Uau!
Isso é bem bom amigo!
Bem bom!