quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Confessiones em Blog - 1ª Temp. - Season Finale

“Estas alegrias violentas tem fins violentos. Falecendo no triunfo,como fogo e polvora, que num beijo se consomem.” William Shakespeare – Romeu e Julieta (Começo do filme Lua Nova).

Eu acho que nunca entenderei os finais felizes. Talvez porque eu não saiba o que acontece depois. E por que passamos a vida toda esperando pelo final feliz? E por que eu acho que o meu já chegou? Eu me sentia feliz até algumas horas atrás, mas fui acometido por um sentimento péssimo de vazio e perda.

Eu tenho tudo o que eu queria e tudo o que eu esperei pra esse ano finalmente aconteceu. Nunca me senti tão realizado em toda minha vida, só que esse sentimento nostálgico não me deixa. Eu perdi também muita coisa esse ano. Mais do que eu poderia suportar e só AGORA me dei conta disso.

Dizem que o momento das nossas formaturas de ensino médio é quando passamos de alunos para desempregados. Meu professor disse isso no início desse ano (que foi o nosso último) naquele colégio. E hoje ele completou essas palavras dizendo que o momento da formatura é quando deixamos de ser alunos, para virar seus colegas de trabalho.

Eu queria muito ter rido mais. Queria ter ajudado mais pessoas. Queria ter estudado mais. Queria ter sido menos egoísta. Queria ter sido mais carinhoso. A quem estou enganando? Eu não me arrependo de absolutamente NADA nesses três anos de colégio. Só me arrependo de não ter dito o suficiente o quanto amo meus amigos.

Agora parece que não os vejo há muito tempo e a saudade já bate lacerando meu peito provocando dores boas de sentir. Uma dor tão boa porque ela comprova que eu fui feliz o tempo todo e não sabia. Sempre esperando pelo final feliz... Será que esse final que tivemos foi feliz?

Agora cada um vai pra seu caminho e eu sei que vamos continuar mantendo contato, mas nada será mais como antes. Agora nos falaremos cada vez menos. Vamos rir cada vez menos e vamos começar a andar por caminhos mais complicados e sombrios. Ser adolescente não é fácil, mas agora eu estou vendo que ser adulto é pior ainda.

Caramba, eu cresci e nem tinha me dado conta. Só há algumas horas atrás. Finalmente minha vida de adolescente acabou e eu nem estou pronto pra ser adulto ainda, mas já tenho que agir como tal. Eu nunca quis crescer... Acho que se a terra do nunca existisse, eu faria de tudo para ir pra lá.

Agora tudo vai começar de novo. Eu costumo comparar minha vida com séries de TV e a cada ano eu procuro fazer tudo de uma forma diferente, como se fosse uma nova temporada. Essa temporada já chegou ao fim. Basicamente hoje. Mas eu ainda pretendo voltar pra dizer algumas coisas. E que venha a próxima temporada pessoal.

Se alguém aqui ainda não se formou no Ensino Médio, por favor, me escuto com atenção porque eu não escutei quando me falaram. Aproveite CADA momento com seus amigos. Não fique chateado pelo que não importa. Não brigue, e se brigar, faça as pazes. Não deixe de desfrutar cada um desses momentos, porque no final, tudo o que resta são lembranças. E já não poderemos reviver esses momentos. Nunca mais.

Feliz Natal.

5 comentários:

FOXX disse...

amigo, vc não se acha mto novo pra procurar um final feliz não? pra sequer pensar no assunto?

Athila Goyaz disse...

hehehe

pow adorei o seu comentário!

Na verdade o poema ta bem complexo... agora q eu parei pra analisar de fora!


é... eu fiz só pra eu entender mesmo!

kkkkk

Bom fim de ano pra tuh!!!

Arsênico disse...

Tb acho muito cedo o senhÖr quer um final feliz... mas tb entendo o tipo de final feliz a que vc se refere...

Não sei se infelizmente ou felizmente... a vida é feita por etapas... e nessas etapas é inevitável que pessoas vem e vão...

Estou sentindo o mesmo que vc... acabo de terminar a faculdade... e o vazio tem tomado conta de mim... saudades dos amigos... que eu sei que talvez jamais estejamos todos reunidos novamente...

E assim... a vida segue...

***

umBeijo!

Vanderson disse...

tá novo ainda menino!!!
e outra então faça como eu
cumpra as suas responsabilidades de adulto e se divirta como uma criança!!
abraçooo!

Docinho disse...

Nossa acho que vocë conseguiu definir tudo o que estou sentindo. Cada instante do meu dia parece passar mais devagar, as nossas piadas, trocadilhos, risos e felicidades parecem está desaparecendo, näo tenho mais ninguém pra fazer palavras cruzadas comigo, pra me chamar de dramática ou chorona ou pra me dizer o quanto eu só sei rir!!!!
Eu aprendi tudo isso com vocës e ainda náo quero me despedir e acho que na verdade näo consgigo fazer isso.. Pra mim vocës foram, säo e sempre iräo ser os meu Amigos e que nunca venhamos a deixar esta Amizade morrer!!!!
Amo e Agradeco por ter tido vocës nesses 3 maravilhosos anos da minha Vida!!!!