quinta-feira, 29 de abril de 2010

Atualização

Não venho atualizar mesmo por preguiça... Era pra eu escrever pelo menos duas vezes por semana, só que é muito chato fazer isso. Não que eu não goste de escrever, apenas é trabalhoso colocar os pensamentos em ordem e traduzir os sentimentos.

Tive mais uma discussão com a minha mãe (estava demorando né?) e como sempre falei poucas e boas. Tudo porque ela fez a cabeça do meu pai pra me impedir de ir no Dream Fashion Tour (eu tinha ganhado um ingresso VIP). Foi UÓ!

Depois de relaxar durante um mês, estou novamente a procura de um estágio, porque eu ainda preciso disso pra pegar o meu diploma de técnico. Não passei três anos da minha vida acordando 5 horas da manhã pra pegar um ônibus até a outra ponta do Rio de janeiro pra jogar tudo no lixo. De qualquer forma eu quero trabalhar com isso e quero muito esse emprego.

Acho que vou ser um pouco mais sincero do que o normal: Estou com medo. Não sei de quê. Por que o futuro assusta tanto? As vezes sinto vontade de morrer, porque então o medo passaria. Eu nem tenho medo da morte, porque sei que a vida é pior, mesmo não tendo sofrido o pior dela. Viver me dá medo, mas é preciso fazê-lo, só não sei como...

“Eu olho pra frente e não vejo caminho. Acho que estou meio perdido, porque se não há caminho, não há p que trilhar. E se não há o que trilhar, toda a descoberta perde o sabor divertido e viver já não é mais tão interessante.”

3 comentários:

glass disse...

sei exatamente como vc se sente , calma um dia isso passa quando vc menos esperar isso tudo vai ser passado vc vai estar vivendo o seu futuro que ja vai ser presente , e ai vai perceber o quanto de futuro ainda tem pela frente ... relaxe sobre a sua mãe elas nunca entendem e um dia vc tb não vai entender . bjks *_*

Jarbas disse...

não há quem não tema o futuro, mas relaxa. preocupação é tão eficaz quando mascar chicleta pra resolver um equação de algebra.

mire, foque, atire e acerte!

Renato Orlandi disse...

Aaah meu caro, é realmente difícil terminar algo, como um curso, sempre nos sentimos meio perdidos... Poxa, espero que dê um jeito de resolver as coisas com sua mãe, a longo prazo não vale a pena... E larga de ser preguiçoso heim, como assim!!! Eu gosto de te ler, aaaah não, parou heim! rs Bjooo!